terça-feira, 20 de abril de 2010

I´m a strong, confident woman. (repeat)

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

vivendo e desaprendendo

são coisas que a gente desaprende. desentende.
assim como aqueles erros básicos de português no meio do texto que você sempre acertava nas provas do colégio.

deixa de entender o porquê de alguns rumos que a vida toma e de que você teve tanta certeza um dia.

por que eu não estou lá pra dar um abraço no meu pai hoje?
por que eu não estava lá pra dar aquele olhar de apoio pra minha mãe na semana passada?
aquele beijo no meu irmão mês que vem?
aquele brinde com os amigos ano passado?

parece que as coisas simplesmente vanish away e você se vê sem entender porra nenhuma do que está acontecendo. lost in translation. Me pergunto se isso um dia acaba...

domingo, 20 de setembro de 2009

Acho que não ressignifiquei tudo

Sabe o que eu estou fazendo neste exato momento?

Aguardando o Dreamweaver ser desinstalado do meu computador. Mano, como isso demora.

Estou preparando my old desktop PC Pentium 4 pra ser finalmente encaixotado e vendido, doado, realocado, whatever. Um ano depois da chegada do meu dell Aspiron Blossom.
Isso depois de uma tarde encaixotando CDs, tirando a poeira da escrivaninha, jogando algumas lembrancinhas fora. Sinto que tem muita tralha na minha vida bauruense ainda. Na minha próxima ida a Leme, juro, vou levar uma mudança comigo. É ventilador que não presta mais (mas que meu pai vai fazer prestar, com certeza), CDs antigos de uma época que já tinha passado antes mesmo de eu vir pra cá, material de xerox da faculdade... gente, hoje olhei num armário e tinha até uma caixa da mudança pra Bauru que eu ainda não "desencaixotei". :O Fiquei bege. Uma caixa com coisinhas místicas, um duendinho, uma escova de cabelo e outras tralhas de adolescentes. Não sei por que achei que isso seria útil.

Mas enfim, essa tarde está me fazendo muito bem. Nada como perceber que tudo foi ressignificado. Ou melhor: quase tudo.

É que nesse "vasculhar" do meu computador encontrei tanta coisa... tantos programas que tive que baixar aos 45 do segundo tempo pros trabalhos de faculdade, uma pastinha chamada "blog" (que parece que ficou no passado mesmo...), a foto de desktop que eu tirei logo que vim a Bauru, da vista da minha janela ao anoitecer... sei lá. É estranho remexer esses arquivos, tem uma vivacidade neles aqui dentro ainda.

Não sei se vocês estão me entendendo. Acho que ainda preciso começar outro ciclo antes de eliminar este da minha vida, assim como os duendinhos e CDs do Bruce Dickinson estão sendo sumariamente expulsos do meu pequeno apartamento.

Enfim, fica o desabafo.

domingo, 19 de julho de 2009

momento I´m just where I want to be

.
Sábado à noite. Frio lá fora. Filme começando na TV. Colchão na sala. Edredon de casal. Panquecas, vinho e ele.
.

domingo, 5 de julho de 2009

Aniversariantes

Gente,

tirando a poeira apenas pra registrar oficialmente minhas saudações a duas das melhores pessoas que eu conheço e que completaram primaveras há pouco tempo.

Parabéns às cancerianas Silvia (28/06) e Carol Ferreira (03/07)!

Vocês são tão importantes na minha vida que até me motivaram a reativar o blog pela enésima vez com este post. Foi muito bom comemorar os aniversários com vocês. Queridos leitores imaginários, vale a pena conhecê-las.

E não se esqueçam do meu, que tá chegando... 28 de julho, o dia em que a filha da Xuxa nasceu.

Um beijo e até breve, assim espero

quinta-feira, 11 de junho de 2009

I´m free to decide

Gentche, que ansiedade...

Sabe aqueles momentos em que você é obrigado a se deparar com você mesmo? Desnudo? Só?
Então... aí que a gente percebe COMO a gente é fraco, cai no buraco, buraco é fundo acabou-se o mundo.

E como eu li uma vez o Ricardo Jordão (do bizrevolution) falando e isso se aplica a tudo na nossa vida: não tem algo que dê tanto prejuízo como a falta de decisão. Just do it. É como o Marketing da Tecnisa falou no Social Media, a tal filosofia “pedimos desculpa, não pedimos licença” – tá aí vendendo 500 imóveis por ano só no site. (Fonte)

Como estávamos conversando certa vez numa noite fria de caldinho com las negas... a gente é muito, muito pouco sendo nós somente. Detestável isso. Essa coisa de ter que ter uma máxima pra seguir sabe?

Se bem que me pego pensando que não é possível que não existam pessoas realmente mobilizadoras... mas de onde surge essa motivação, o insight, a idéia de um milhão de seguidores?

Valores... é esse o investimento que você deve fazer nos seus filhinhos lindos cuti-cuti da mamãe e do papai. Essa base aí, isso ninguém tira. Culhões. Persona. Essas coisas aí. Falo do alto dos meus 21 anos, tá?

Então é isso minha gente, vida que segue, enquanto essa turbulência não passa eu vou indo ao cinema, comendo comidinhas gostosas e pegando a estrada pela primeira vez, sempre ao lado do meu lindo e gostoso namorado. (parece sarcasmo, mas não é)

Foi bom falar com você, volte sempre!
Mas não dispenso uma boa conversa MESMO.

terça-feira, 21 de abril de 2009

Pq não moro a 30 minutos disso?

Rio de Janeiro.

(carnaval - 2009 - escadaria Selaron)

My special place.